7 de maio de 2020

A Chave das Árvores

A Verdade e o Mundo
(Tradução Livre)

"An Fhirinne in Aghaid an t-Saoil"
"Y Gwir Yn Erbyn Byd - Barddas"

O que é mais doce que o hidromel? - A conversa (Ifin).
O que é mais negro que o corvo? - A morte (Idad).
O que é mais branco que a neve? - A verdade (Luis).
O que é mais quente que o fogo? - A inspiração (Tinne).
O que é mais valioso que o ouro? - A força (Duir).
O que é mais rápido que o vento? - O pensamento (Sail).
O que é mais afiado que uma espada? - A compreensão (Coll).
O que é mais profundo que o mar? - A eternidade (Quert).
O que é mais longo que a vida? - O renascimento (Nuin).

(Estudos do Ogham - Introdução)



Bênçãos do Céu, da Terra e do Mar!

Rowena A. Senėwėen ®
Todos os direitos reservados.


21 de março de 2020

Ritual Solitário: Equinócio de Outono

Para ser feito antes de preparar seu santuário pessoal. Você precisará de:

Ofertas
Tigela de oferendas
Uma vela
Caneta ou lápis
Pedaço de papel
Recipiente à prova de fogo

Nota: As ofertas podem incluir qualquer grão cultivado localmente ou qualquer coisa que amadureceu ou floresceu recentemente. Água limpa e fresca incenso de palito também podem ser usados ​​como oferta. Você pode levar sua oferta para fora e deixá-la na base de uma árvore ou pedra especial após o término do ritual. Isso pode ser realizado a qualquer hora do dia; no entanto, o crepúsculo pode ser o melhor momento, pois o outono é como a noite do ano.

Sinta-se à vontade para deixar de fora as seções que não lhe interessam. Os rituais de grupo costumam ser mais longos, em parte, para ajudar os outros a alcançar o mesmo nível de transe (para estabelecer a mente de grupo) e para explicar aos outros o que está sendo feito durante o ritual. Como solitário, você está no controle de tudo isso.

[Abertura. Algumas pessoas gostam de tocar um sino ou um tambor como um começo claro. Todas as partes podem ser faladas em voz alta ou silenciosamente, como você achar melhor.]

RITUAL DE OUTONO

Seres Brilhantes, peço sua presença e orientação durante minha cerimônia de Equinócio do Outono.

(Acenda sua vela principal agora)

Ao me conectar com o Poço da Sabedoria, o Fogo da Mudança e a Árvore do Mundo, honro meus patronos, a memória de meus ancestrais e os espíritos da natureza que me cercam.

Com a Mãe Terra me apoiando em tudo o que faço, proclamo meu festival Equinócio de Outono dentro deste espaço sagrado.

Aqui no limite deste espaço, do tempo e da realidade, o poder da minha fé abre o portal: Eu sou um ser de energia, Fogo na Cabeça.

"Este dia
Esta noite
Em equilíbrio completo"

Todos os seres,naturalmente, buscam uma vida em equilíbrio. Toda a natureza busca o equilíbrio.

"Estar desequilibrado
Significa que estamos
Sem tempo,
Sem amor,
Sem paz.

Sem os Brilhantes,
Drenados e perdidos,
E às vezes sem entender o vazio sentido."

A vida desequilibrada é uma vida alterada. À medida que a água exposta a muito frio ou calor se torna irreconhecível.

Nesse raro momento, respiro rápido duas vezes e me deleito com esse equilíbrio.

"Como no contrapeso que se equilibra
Como na nova vida compensa as passagens
Como no dia seguinte à noite
Como no frio do inverno, após o calor do verão
Como na sabedoria da idade, após a impulsividade da juventude."

Cada vida, cada sonhos são como as sementes carregadas pelos ventos das bolas do dente-de-leão.

"Alguns pousam no asfalto
Sem água para equilibrar
Eles não podem brotar

Algumas na região dos rios
Sem solo para equilibrar
Eles não podem brotar

Algumas na região da floresta
Sem sol para equilibrar
Eles não podem brotar

Algumas na região do prado
Tudo está em equilíbrio
Eles crescem até a maturidade."

[Faça uma pausa para meditar sobre o que está desequilibrado em sua vida. Quando a resposta chegar, escreva-a no seu pedaço de papel. Em seguida, continue falando as seguintes partes ou apenas visualizando os conceitos.]

"Às vezes, sementes de dente de leão são como a minha vida
Que eu não posso controlar
Que eu não posso prever
Que tenho fé

Em mim mesmo, em meus ancestrais e nos seres Brilhantes
Eu abro meu coração para a minha vida ocupada
Como a chuva varrendo a semente do asfalto

Como a corrente lavando as sementes na praia
Como o vento soprando as sementes para longe da floresta
Para o seu lugar
Para aquele prado perfeito
Onde tudo está em equilíbrio
Então toda esperança, sonho e desejo
Pode brotar e crescer em seu potencial

Se eu posso sonhar
Se eu posso visualizá-lo
Se eu posso trabalhar em conjunto com outras pessoas
Se eu tiver fé, alcançarei meus objetivos."

[Faça uma oferta em sua tigela de oferendas. Use a chama principal da vela para incendiar seu pedaço de papel e coloque-o em um prato à prova de fogo para queimar. Medite sobre como criar equilíbrio em sua vida, pois as chamas consomem seu problema.]

[Se você tiver preces, adivinhações ou pedidos adicionais é hora de fazê-lo. Podem ser pedidos de cura, oferendas de poesia ou orações individuais, bem como declarações de gratidão.]

(Declare ou apenas se concentre nos seguintes conceitos.)

As minhas orações foram dadas, mas meu o caminho não termina aqui. Neste espaço sagrado, continuarei a buscar o equilíbrio em minha vida.

"Equilibrar o indivíduo com a comunidade
Equilibrar a preservação com a substituição
Equilibrar a responsabilidade com a diversão
Equilibrar o que for necessário como puder
Equilibrar os recursos e evitar o desperdício
Equilibrar as lágrimas com os sorrisos."

Estarei aberto para os Iluminados, meus ancestrais e os espíritos da natureza sempre que vierem me mostrar o caminho. Sou grato pelos presentes que eles me deram e vão nos dar no futuro.

Declaro agora que o Festival do Equinócio do Outono terminou em paz e amor.

Que assim seja! 🍁

(Tradução livre - rito ADF)

Rowena A. Senėwėen ®
Todos os direitos reservados a ordem.



27 de janeiro de 2020

Confecção do Nó da Colheita

O costume de fazer os nós da colheita foi mais difundido na Inglaterra e na Escócia e trazido, posteriormente, para a Irlanda durante a época das colheitas, variando de região para região. A colheita dos campos envolvia um esforço árduo dos trabalhadores, além das tradições folclóricas que possuíam uma forte ligação sobrenatural, que ao se cortar enormes feixes de trigo, por exemplo, garantiria que o gancho (foice) das colheitas fosse mais afiado nas bordas, através de um encanto chamado "ortha an fhaoir" ou encanto da borda.

Os Nós das Colheitas foram usados ​​para mostrar que a colheita estava concluída, geralmente, feitos de trigo no formato de uma trança amarrada com fita.

Durante o festival de Lughnasadh, em nossas práticas pessoais, fazemos o Nó da Colheita para adornar a lança de Lugh como forma de defesa e proteção.



Em honra as colheitas

"Que possamos permanecer em paz,
Levando alegria entre os mundos.
Para que a colheita possa florescer pela mão do lavrador."

Feliz Lunasá a todos!

Fonte e Referências:
Os Nós da Colheita
Faça o Nó da Colheita

Rowena A. Senėwėen ®
Todos os direitos reservados.